Para consultas presenciais, o atendimento preferencial é uma rotina já bastante conhecida de hospitais, clínicas e consultórios. Porém, com o aumento da procura por telemedicina, dúvidas podem surgir: ainda é necessário priorizar pacientes?

Entenda no artigo!

O atendimento preferencial é necessário na telemedicina?

O atendimento preferencial é obrigatório por lei para qualquer prestador de serviço ou profissional de saúde em marcação de consultas, exames e outros procedimentos, segundo a Lei 9656/98. Ou seja, mesmo na telemedicina, ele é necessário.

A Lei 10.048/2000 define os grupos que recebem atendimento preferencial obrigatório:

  • gestantes e lactantes;
  • pessoas com 60 anos de idade ou mais;
  • pessoas com crianças de colo;
  • pessoas com deficiência;
  • obesos.

Seja o pronto-atendimento ou através de agendamento, ambos na telemedicina, qualquer pessoa inserida em ao menos um desses grupos deve, obrigatoriamente, receber atendimento preferencial.

Além da necessidade por lei, esse atendimento também envolve questões humanitárias e reflete na imagem do estabelecimento. Não só mostra qualidade do serviço, como também cria um espaço de inclusão que contribui para o atendimento humanizado.

Desse modo, há conforto, praticidade e respeito às necessidades do público atendido, o que contribui positivamente para a imagem do seu consultório.

Como aplicar o atendimento preferencial na clínica ou no consultório?

Banner Conclinica teste app

Aqui o fator mais importante é a organização para a agenda do consultório e para as filas de atendimento sem hora marcada. Ou seja, precisa-se de um critério de priorização, guiado pelos grupos listados na lei e, depois, organizado internamente, especialmente em caso de alto volume de pacientes prioritários.

Isso significa uma segunda organização, chamada de escala especial, para otimizar o trabalho e garantir que todos os pacientes preferenciais sejam devidamente atendidos.

Organize sua agenda médica com o Conclínica

Trabalhar com um bom software para clínicas médicas, com reconhecimento no mercado, é o maior diferencial para prestar um atendimento preferencial consistente e de qualidade. Por isso existe o Conclínica.

Com o programa de gestão, todos os colaboradores conseguem realizar suas tarefas de maneira organizada, graças aos recursos disponíveis para agenda médica:

  • cadastro completo de pacientes;
  • status de agendamento de consulta;
  • organização dos pacientes por ordem de chegada;
  • horários de atendimento personalizáveis;
  • integração com o Google Agenda;
  • auto-agendamento via QRCode para pacientes de terapias;
  • envio de orçamento para os pacientes.

Assim, os espaços da agenda podem ser organizados de acordo com a priorização, garantindo que o consultório fique em conformidade com a lei e que os pacientes estejam satisfeitos com o atendimento.

Conheça os planos do Conclínica e otimize a sua clínica!

Compartilhe em suas redes sociais