Já ouviu falar em EBITDA mas não sabe o que é esse indicador? Então, este artigo foi feito para você.

O EBITDA é extremamente importante para avaliar o andamento de empresas. Por isso, é fundamental entender o que é e como ele funciona.

Neste artigo, vamos explicar o que é EBITDA, para que ele serve, qual a importância e como calculá-lo. Além disso, você vai saber como otimizar a gestão financeira da sua clínica.

Por isso, leia este texto até o final e descubra tudo o que é preciso saber. Boa leitura!

Entenda o que é EBITDA

Para iniciar este assunto, é válido saber que EBITDA é uma sigla em inglês para Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization.

Ao traduzirmos para o português, temos Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização. Com isso, o EBITDA também costuma ser conhecido como LAJIDA.

Esse indicador financeiro é usado para a avaliação de empresas que estão listadas no mercado da bolsa de valores.

Assim, ao falarmos de EBITDA, o que é importante saber é que esse indicador informa os lucros alcançados por uma empresa antes do desconto dos gastos com juros e impostos.

Banner Conclinica teste app

Com isso, ele tem o objetivo de apresentar a geração de caixa operacional da companhia, pois representa o resultado acrescido de depreciação e amortização.

Dessa forma, o EBITDA serve como um meio de avaliar a capacidade de uma empresa em gerar valor.

Pessoa fazendo cálculos com calculadora e papéis. Imagem ilustrativa para texto ebitda o que é.

Portanto, é crucial fazer esse tipo de análise, visto que ela apresenta a evolução de um resultado operacional com o passar do tempo.

Outra informação interessante sobre o EBITDA é que ele representa uma ótima forma de estabelecer um comparativo entre organizações do mesmo setor.

Afinal, a partir dele é possível perceber os resultados das empresas em suas atividades.

Nesse sentido, podemos citar outra característica desse indicador, que é a oportunidade de avaliar a produtividade e a eficiência da clínica.

Com isso, por meio do EBITDA, você pode fazer uma avaliação do desempenho da sua empresa, bem como de outras companhias.

Se você já está achando interessante tudo o que falamos sobre o EBITDA até agora, continue conosco. A seguir, falaremos mais sobre a utilidade desse indicador.

Leia mais: Saiba como funciona o Imposto de Renda para médicos e aprenda a fazer sua declaração

Para que serve esse indicador

Conforme você viu anteriormente, o EBITDA ajuda na avaliação de uma empresa no que se refere ao seu desempenho operacional.

Para isso, o indicador desconsidera os dados da empresa no que se refere a juros, depreciação, impostos e amortizações.

Afinal, esses dados que são excluídos do cálculo não compõem a operação principal da empresa.

Desse modo, podemos afirmar que o EBITDA serve para representar com fidelidade somente a geração de caixa da organização.

Fazer essa avaliação é importante para que seja possível visualizar os resultados da empresa na atualidade para poder planejar o desempenho futuro.

Como é possível observar, é muito importante que a sua clínica faça esse levantamento, para melhorar o desempenho financeiro da empresa.

A margem EBITDA é importante para a clínica?

Se você tem ou, ao menos, gerencia uma clínica, é importante prestar atenção a tudo o que envolve a empresa.

Afinal, o EBITDA ajuda, como você já viu, a representar somente levantamentos de resultados. Com isso, a empresa pode ter um bom indicador, mas não um bom caixa.

Desse modo, é fundamental levá-lo em consideração ao analisar a empresa. Porém, você deve observar se a geração do caixa operacional pode, realmente, ser convertido em dinheiro.

Isso porque, o mais importante é o dinheiro no caixa da companhia ao final da avaliação de uma empresa.

Pessoa com calculadora na mão e documentos ao fundo. Imagem ilustrativa para texto ebitda o que é.

Com isso, sempre faça uma análise mais aprofundada da empresa, para evitar equívocos ao considerar apenas os dados obtidos com o EBITDA.

Portanto, procure compreender o ciclo operacional da empresa. Mas você deve fazer essa análise junto com os outros indicadores.

A partir disso, será possível fazer uma leitura mais exata da realidade operacional e financeira da sua clínica. 

Calcular EBITDA: o que é necessário fazer

Até aqui, você entendeu o que é EBITDA e por que ele é importante. Agora, vamos falar sobre como fazer esse cálculo.

Para isso, o passo inicial é acessar a DRE, que é a Demonstração do Resultado do Exercício. Nela, você encontrará informações necessárias.

Em seguida, você precisa encontrar o valor do lucro líquido e somá-lo às despesas que a empresa teve com impostos e tributos.

Além disso, também será necessário somar os valores referentes à amortização e à depreciação.

Feito isso, você deverá diminuir do total as receitas que não provenham das operações como, por exemplo, empréstimos e retornos de aplicações.

Agora que você já sabe chegar ao resultado do EBITDA, que tal aprender a calcular o percentual referente à margem EBITDA?

Para isso, é necessário dividir o valor do indicador pela receita líquida. Depois, multiplique por 100 o resultado, encontrando a margem para o período em análise. Veja a fórmula abaixo:

  • Margem EBITDA = EBITDA / receita líquida x 100

Repare que não é tão difícil fazer esse cálculo. Esperamos ter ajudado com o seu entendimento.

A seguir, leia mais sobre como adotar o EBITDA em clínicas e consultórios.

Como adotar a margem EBITDA em clínicas e consultórios

A partir do momento em que você faz a análise da sua empresa, é interessante fazer comparações com outras clínicas.

Você pode fazer o levantamento todos os meses e reunir os dados obtidos ao longo do ano. Depois disso, é possível fazer algumas considerações.

Por exemplo, veja quais alterações internas e externas causaram impactos positivos e negativos na margem. 

Assim, é importante listar alguns itens que impactam no lucro de clínicas e consultórios, como infraestrutura, agendamentos de consulta, preços, rentabilidade de convênios etc.

É importante que você una o EBITDA a outros indicadores. Afinal, você pode analisar sua empresa de modo mais completo, visando uma melhor gestão financeira da clínica.

Nesse caso, se você quiser fazer essas análises de modo mais facilitado, saiba que pode contar com sistemas de gestão, como o disponibilizado pelo Conclínica.

Como otimizar a gestão financeira da minha clínica

A partir desta leitura, você pôde notar a relevância de ter um controle financeiro da clínica ou do consultório médico. 

Você viu o que é EBTIDA, qual a sua importância e, inclusive, como calculá-lo. Porém, saiba que fazer essa análise pode ser fácil.

Afinal, é possível contar com o sistema de controle financeiro on-line desenvolvido pelo Conclínica.

Com ele, você pode gerir, de forma organizada, todo o sistema financeiro do seu negócio.

Se quiser conhecer mais sobre o Conclínica e conferir mais conteúdos produzidos por nós, leia outros artigos do nosso blog.

 

Compartilhe em suas redes sociais