Avaliação Médica: formas de melhorá-la com a tecnologia

Avaliação Médica: 3 Formas De Melhorá-la Com A Tecnologia

A avaliação médica é indispensável para pessoas que desejam iniciar exercícios, além daqueles que querem realizar um check-up. O trabalho do médico neste momento é, então, oferecer exames de ponta e resultados precisos, para poder auxiliar seus pacientes da melhor maneira.

Quer garantir que o processo de avaliação da sua clínica é assertivo e que os pacientes ficarão satisfeitos com o resultado? Continue lendo o artigo e entenda como a tecnologia pode ser sua aliada!

O que é avaliação médica?

Uma avaliação médica completa é composta por diversos exames que atestam a saúde de um paciente para a prática de algum exercício. As verificações pedidas podem variar de acordo com o esporte escolhido pela pessoa, mas podem ser:

  • avaliação ortopédica de ossos e articulações;
  • raio-X;
  • aferimento da pressão arterial;
  • ausculta do coração e dos pulmões;
  • eletrocardiogramas;
  • entre outros.

Além disso, também é feita uma avaliação minuciosa do histórico de saúde pessoal e familiar do paciente, especialmente para avaliar casos de doenças cardíacas. Com isso, é possível construir um panorama completo da condição da pessoa e, assim, liberá-la ou não para a prática da atividade física.

Como a tecnologia pode ajudar a avaliação médica?

Os avanços tecnológicos na medicina buscam criar exames mais precisos e assertivos. Dessa forma, é bastante claro o benefício da tecnologia para os médicos.

Além disso, a tecnologia pode auxiliar a avaliação médica de outras formas. Confira:

1. Histórico médico preciso e atualizado

Com a ajuda de um prontuário médico eletrônico é possível ter todos os dados sobre a saúde do paciente, desde o histórico pessoal ao familiar, em um arquivo seguro e que pode ser acessado pelo médico de qualquer aparelho com conexão à internet.

Isso agiliza o atendimento, torna o diagnóstico mais preciso, deixa o médico melhor informado sobre a pessoa e evita futuras lesões para o paciente, já que é possível ter ciência dos fatores de risco.

2. Compartilhamento de informações entre médicos

Por ser necessário fazer exames de diversos tipos, o paciente percorre muitas especialidades diferentes — clínica geral, ortopedia, cardiologia, etc.

Com o auxílio da tecnologia, resultados podem ser compartilhados facilmente entre laboratórios e clínicas através de um sistema para laudos médicos. Assim, também se tem mais controle sobre os resultados e é possível levar mais clareza para o paciente, além de tornar o processo mais ágil.

3. Uma jornada do paciente satisfatória

Além de garantir uma avaliação médica completa e assertiva, os profissionais da saúde também conseguem, através da tecnologia, proporcionar uma jornada do paciente satisfatória.

A jornada do paciente compreende todos os momentos de contato entre pessoas e clínicas de saúde. A tecnologia é uma grande aliada na hora de tornar todos esses processos mais simples, intuitivos e tranquilos para o paciente, criando processos remotos e mais claros.

No final, a adoção de suporte tecnológico não beneficia só as avaliações, mas a clínica como um todo. Pacientes mais satisfeitos costumam ser fidelizados, o que melhora a imagem da instituição e se torna uma chance de crescimento, porque abre portas para mais pacientes e, portanto, mais faturamento.

Se você quer saber ainda mais sobre isso, conheça as vantagens das tecnologias em saúde para clínicas e consultórios!


Confirmação De Consulta: Por Que Fazer Na Sua Clínica?

Confirmação De Consulta: Por Que Fazer Na Sua Clínica?

A falta de um ou mais pacientes causa muitos problemas para a rotina da clínica, entre eles a falta de organização da agenda e os atrasos. Trabalhar com um sistema de confirmação de consulta pode ser a solução para essa questão.

Se a sua clínica médica sofre muito com o absenteísmo, ou seja, o não-comparecimento de pacientes nas consultas agendadas, continue lendo o artigo para entender como minimizar esse problema!

O que é a confirmação de consulta?

A confirmação de consulta é uma ação para o paciente atestar que comparecerá à consulta no horário agendado. Assim, antes mesmo do momento do atendimento chegar, será possível gerir a agenda e possíveis lacunas.

Isso não só ajuda na rotina de todos os funcionários da clínica, que saberão exatamente quantas pessoas esperam atender no dia, como também abre a possibilidade de acolher outros pacientes no caso de um horário ser liberado.

Existem diferentes métodos de confirmar consulta:

  • ligação;
  • e-mail;
  • SMS;
  • WhatsApp;
  • lembretes.

O importante é que na mensagem de confirmação, além de informar presença ou ausência, sejam validados todos os dados do paciente e também data, horário e forma de pagamento passados no cadastro pré-consulta.

Por que é importante para a clínica realizar confirmação de agendamento?

Adicionar a funcionalidade de confirmação de consulta à gestão de clínicas médicas é uma forma simples e objetiva de melhorar o padrão de qualidade do trabalho e aumentar o número de atendimentos.

Muitas faltas que não foram avisadas provocam lacunas que podem:

  • prejudicar o faturamento, já que é um período de tempo que passará sem trabalho;
  • desorganizar agendas;
  • causar comoção entre pacientes que estão aguardando seus horários e sentem que estão sendo atrasados.

Nenhum desses cenários é positivo para o consultório médico, não é mesmo? Disparar uma mensagem de lembrete, portanto, pode trazer muitos benefícios, tanto para os profissionais quanto para o próprio paciente, como:

  • reduzir a taxa de absenteísmo;
  • organizar melhor a agenda e alocar novas pessoas;
  • otimizar o faturamento da clínica;
  • melhorar a experiência do paciente, que se sente importante para a clínica ao receber um lembrete.

Esse aviso pode parecer algo pequeno e trivial, mas causa efeitos bem maiores para a saúde financeira e organizacional da clínica e, o mais importante, deixa pacientes satisfeitos. Afinal, são eles que movem o estabelecimento e permitem seu funcionamento.

Pensar em todos os detalhes e etapas do relacionamento entre paciente e clínica cria confiança e credibilidade, por isso não se deve ignorar nenhuma possível melhoria. Saiba mais sobre a jornada do paciente e como você pode otimizar ainda mais a relação que ele tem com o seu consultório!


Redução de Custos: como a tecnologia pode ajudar sua clínica

Redução De Custos: Como A Tecnologia Pode Ajudar Sua Clínica

Para ter uma clínica de sucesso, é preciso que a instituição tenha uma boa saúde financeira. Por isso, entender quais passos tomar em direção à redução de custos deve ser uma das principais metas da gestão.

A tecnologia é uma aliada na organização financeira de clínicas e oferece diversos benefícios. O software de gestão Conclínica, por exemplo, tem funcionalidades dedicadas a fazer esse controle, confira!

Como o Conclínica ajuda na redução de custos da sua clínica?

O uso do Conclínica na gestão de uma clínica tem benefícios diretos, por conta das funcionalidades administrativas, e também indiretos, que são naturais da adoção de processos digitais, para a redução de custos, como menor incidência de erros. Conheça um pouco mais:

1. Controle financeiro

Uma das funcionalidades disponíveis no software é o controle financeiro online, que permite visualizar as finanças da clínica e organizá-las de qualquer lugar, basta ter um aparelho com acesso à internet. É possível gerir, por exemplo:

  • fluxo de caixa;
  • tesouraria;
  • glosas;
  • repasses médicos;
  • valores por especialidade.

Com isso, é possível ter mais clareza da situação financeira da clínica para poder planejar investimentos e o crescimento futuro.

2. Relatórios gerenciais

Os relatórios gerenciais também são uma ferramenta do Conclínica. Eles podem ser gerados para gerir diferentes aspectos da clínica, como agendamentos e pacientes. Para o controle das finanças, há os relatórios de:

  • repasse médico;
  • movimento por categoria;
  • análise financeira;
  • extrato;
  • livro caixa;
  • faturamento.

Por isso o Conclínica é mais uma ferramenta de gestão para não se perder nos dados importantes sobre a saúde financeira da sua clínica.

3. Redução de erros

A tecnologia permite que muitos erros sejam evitados. A pesquisa Futuro da Saúde: 2022 – Estudo Hospitalar, realizada pela Zebra Technologies, empresa de soluções digitais, indica que profissionais da saúde e de tecnologia da informação apontam que a tecnologia pode, por exemplo, diminuir erros na aplicação de medicamentos em 61%.

Além disso, papéis podem ser perdidos ou então a escrita à mão pode ser ilegível. Todo retrabalho para um relatório médico, prontuário ou um laudo, por exemplo, acarreta em um custo a mais.

A forma de evitar isso é armazenar as informações em nuvem, com segurança, clareza e fácil acesso. Essa é uma das vantagens do uso do software de gestão de clínicas para a redução de custos.

4. Pacientes mais satisfeitos

Os processos otimizados, graças às funcionalidades do Conclínica, também beneficiam os pacientes. A agenda médica online torna a organização dos horários mais simples, evitando atrasos e desistências.

Já o prontuário eletrônico permite consultas mais personalizadas e focadas no caso específico de cada paciente e a prescrição médica digital garante um pós-consulta mais simples, com maior adesão ao tratamento.

Pacientes mais satisfeitos têm maiores chances de voltarem ou recomendarem a clínica, gerando mais consultas e, assim, maior crescimento econômico.

Se você quer isso para a sua clínica e quer conhecer mais sobre o Conclínica, faça seu cadastro e experimente gratuitamente por sete dias tudo que o software pode te oferecer!


Gestão de Consultório Online: dicas para uma boa administração

Gestão de Consultório Online: 3 Dicas Para Uma Boa Administração

É essencial que um consultório online tenha uma gestão com estratégia que visa otimizar a administração do negócio e a rotina dos colaboradores. Isso permite que o serviço oferecido tenha mais qualidade e, assim, conquiste mais pacientes.

Confira as nossas dicas de gestão!

3 dicas para gerir um consultório online

A gestão de um consultório online vai além de uma boa plataforma de medicina, ainda que isso seja, também, essencial. Sem os outros elementos, o desempenho pode não ser tão atrativo.

Conheça as dicas do Conclínica, software de gestão para clínicas e consultórios com milhares de clientes, para tornar sua gestão mais efetiva!

1. Investir em gestão de pessoas

A gestão de pessoas fortalece o engajamento da equipe com o consultório, a fim de garantir que o serviço mantenha-se sempre com alta qualidade e busque melhorias.

É possível fazer isso:

  • usando feedbacks para conversar com os funcionários;
  • estimulando a participação nos processo de decisão;
  • tendo boas ferramentas de comunicação interna;
  • realizando pesquisas de clima para buscar pontos de melhoria;
  • oferecendo treinamentos, capacitando mais funcionários e atualizando conhecimentos.

Uma equipe mais bem preparada oferece uma experiência melhor para pacientes, o que é essencial para que eles sejam fidelizados.

2. Trabalhar com marketing médico

Buscar mais clientes e aumentar a presença do consultório online no mercado também é papel do gestor. O marketing médico em conformidade com o CFM é uma maneira forte de ganhar pacientes hoje em dia, já que, cada vez mais, os profissionais precisam se colocar como atrativos para o público, que busca um diferencial.

3. Ter um software de gestão de clínicas médicas

A tecnologia é uma ferramenta útil e simples para otimizar diversos processos em praticamente todas as áreas profissionais. Com a medicina não seria diferente.

Ter o Conclínica como aliado na gestão do seu consultório permite que você controle setores importantes em um único lugar. Com o software, é possível:

Entre outras funcionalidades, o Conclínica permite que tudo seja feito de maneira simples, prática e remota. O consultório pode ser gerido de qualquer lugar e por qualquer dispositivo, contanto que tenha conexão à internet, e com segurança garantida pela criptografia da nuvem.

Invista agora no futuro do seu consultório online e cadastre-se no Conclínica para fazer um teste gratuito durante sete dias!


Telemedicina: Quais As Vantagens De Utilizar No Seu Consultório?

Telemedicina: Quais As Vantagens De Utilizar No Seu Consultório?

A telemedicina superou barreiras geográficas e proporcionou atendimento a pessoas independentemente de distância, assim como foi uma parte da revolução tecnológica durante a pandemia, e esse é um assunto bem conhecido pela comunidade médica.

Por isso, é preciso investigar o que mais difere a telemedicina da prática in loco. Quer conhecer outras vantagens desta aplicação tecnológica da saúde, que podem ser integradas até às atividades presenciais? Confira no artigo!

Quais as vantagens de utilizar a telemedicina no seu consultório?

Além de proporcionar maior segurança em épocas em que o distanciamento social é necessário, a telemedicina leva praticidade. Conheça o que mais a prática da medicina nos meios digitais pode oferecer de vantagens em clínicas e consultórios!

1. Melhora na qualidade do cuidado do paciente

O objetivo dos médicos é promover saúde e, por isso, novos métodos são pesquisados e adotados com frequência.

A Associação Brasileira de Empresas de Telemedicina e Saúde Digital verificou que a telemedicina aumentou muito mais do que apenas o acesso a consultas e serviços médicos, mas também a qualidade do cuidado e os resultados, apontando que 90% dos pacientes elencou o atendimento como bom ou ótimo. Pessoas que foram atendidas dessa maneira contaram com:

  • menor número de internações;
  • menos tempo no hospital;
  • mais envolvimento com os próprios cuidados.

Um estudo realizado pela empresa Philips e o sistema de saúde norte-americano Banner Health constatou que a telemedicina diminuiu em 45% o número de hospitalizações. Resultados melhores são bons para o paciente e também para o consultório, que consegue fidelizar mais pessoas por ser eficiente.

2. Armazenamento em nuvem e maior segurança da informação

O armazenamento em nuvem permite que gravações de atendimento e informações de pacientes sejam acessadas de qualquer lugar e qualquer dispositivo, contanto que haja conexão com a internet, o que permite maior flexibilidade para o médico.

Além disso, plataformas de telemedicina contam com nuvens que criptografam a informação, protegendo todos os dados sensíveis do paciente. Isso torna todo o processo muito mais seguro.

3. Informações integradas

Além de todos os dados ficarem mais seguros, também é possível compartilhá-los entre outras clínicas e consultórios, laboratórios e outras instituições de saúde, caso seja necessário para o tratamento do paciente.

Assim, o diagnóstico e o tratamento ocorrerão mais rapidamente e o paciente terá uma impressão melhor do seu consultório.

Para isso, é importante ter um sistema que comporte todas as informações e conexões de maneira segura e prática. Entenda como escolher um software para clínicas e garanta melhores experiências com o seu atendimento!


Cadastro Pré-Consulta: Como Tornar O Processo Mais Eficiente

Recursos online na medicina estão cada vez mais populares, porque muitos deles otimizam o tempo dos médicos e garantem uma experiência melhor para o paciente. É o caso do cadastro pré-consulta, em que um paciente já agendado antecipa para o médico informações relevantes sobre o seu caso.

Adotar esse processo é apenas o primeiro passo, veja como ele pode ser mais eficiente com nossas dicas!

Qual a importância do cadastro pré-consulta?

No cadastro pré-consulta, o agendamento online ganha mais uma dimensão: o paciente já pode passar para o médico o que será discutido em consulta, como dores, preocupações, outros sintomas, etc. Tudo isso sem ainda precisar ir à clínica.

Isso garante que o profissional da saúde já esteja mais preparado para o atendimento, podendo focar rapidamente no que interessa e evitar atrasos na própria agenda. O paciente também sai ganhando, porque chega mais seguro de que o médico conhece sua situação e uma solução será encontrada mais rapidamente.

Como otimizar o cadastro pré-consulta médica?

Alguns pontos de otimização são básicos, como manter a organização na recepção para que as informações sejam sempre passadas corretamente. Outros, envolvem tecnologias que ainda podem não fazer parte integralmente do dia a dia da clínica. Veja:

1. Foco na telemedicina

Ter uma plataforma de telemedicina para a sua clínica ou consultório já automatiza muitos processos e é um primeiro caminho para que seu paciente tenha acesso online para a troca de informações.

Mesmo que a consulta seja presencial, ter uma plataforma dedicada a processos online permite que as coisas sejam feitas rapidamente e de qualquer lugar com acesso à internet. Assim, os pacientes podem já fazer essa parte do atendimento por si só.

2. Uso de um software médico para agendamento de consulta

O Conclínica é um software para gestão de clínicas e consultórios, que, entre diversas funcionalidades, oferece uma agenda médica prática para organizar todas as informações antes, durante e após o atendimento.

Nela, você tem espaço para inserir um cadastro completo de pacientes — ou seja, todas as informações vindas do cadastro pré-consulta poderão ser colocadas lá por um funcionário, já dando espaço e tempo para o preenchimento do prontuário médico eletrônico.

Com a Multi Agenda Conclínica você pode administrar a agenda de:

  • consultórios;
  • especialidades;
  • tratamentos seriados;
  • outras unidades disponíveis da sua clínica, tudo em uma única plataforma.

O software pode ser acessado remotamente em qualquer dispositivo conectado à internet.

Conheça o e-book sobre agenda médica online e entenda como o Conclínica pode melhorar o dia a dia da sua clínica!


Relatório Médico: formas de organizá-lo da melhor maneira

Relatório Médico: 3 Formas De Organizá-lo Da Melhor Maneira

Um dos documentos mais importantes para a medicina é o relatório médico, sendo um direito do paciente e um dever legal do médico. Por isso, preenchê-lo da maneira correta é tão importante. Saiba como neste artigo!00

O que é relatório médico?

O relatório na área da saúde é um resumo sobre o caso do paciente, podendo constar informações sobre atendimento, diagnósticos, sequelas, etc. O conteúdo exato dependerá do tipo de relatório, que são dois:

  • Relatório Médico Legal: elaborado para descrever perícias médicas para atender a questões jurídicas, ou seja, responde perguntas de pessoas como um delegado ou uma instância judicial;
  • Relatório Médico para INSS: este é um direito do paciente, com documentação sobre o histórico, consultas e tratamentos do paciente, para que ele possa requerer benefícios ao INSS.

Existem também relatórios mais gerais, que são elaborados após alta ou para encaminhar pacientes a atendimentos com outros profissionais ou clínicas especializadas. 

Como elaborar um relatório médico organizado?

Alguns passos podem ser seguidos para que o relatório médico seja preenchido da melhor maneira possível. Veja:

1. Comece pelos dados básicos

Existem informações obrigatórias e básicas para o relatório, como a identificação correta das partes. Para isso, é necessário:

  • nome completo, carimbo, assinatura e registro no CRM do médico (pode também contar com assinatura digital, caso seja um documento eletrônico);
  • nome completo, endereço e data de nascimento do paciente.

2. Orientações devem ser feitas apenas quando necessário

Como o relatório não tem finalidade diagnóstica e sim descritiva, o profissional de saúde não pode oferecer julgamento, como sugestões para afastamento ou aposentadoria.

A decisão final cabe ao perito, então, em geral, as orientações devem ser reservadas para momentos de necessidade máxima.

3. Utilize a tecnologia para descrever o caso

A parte mais importante de um relatório médico é a descrição do caso. Por isso, garantir que todo o histórico do paciente esteja documentado e correto é um passo que requer muita atenção do médico.

Softwares para gestão de clínicas que permitem o uso de um prontuário eletrônico são aliados nesse momento, já que todos os dados ficam organizados em um único local.

O Conclínica é um software para clínicas e consultórios que garantem mais facilidade no dia a dia para o médico, tornando todas as informações muito mais acessíveis, como no caso de buscar os dados de pacientes.

Conheça as funcionalidades do Conclínica e faça como milhares de clínicas pelo Brasil: adquira o software e leve sua gestão para o próximo nível!


Inovação Em Saúde: Formas De Como Inovar No Seu Consultório

Inovação Em Saúde: 4 Formas De Como Inovar No Seu Consultório

Os últimos anos foram um boom de evolução tecnológica, o que também levou a muitos investimentos na inovação em saúde. Como foram muitas mudanças em pouco tempo, saber como inovar em consultórios ou clínicas pode ser um pouco confuso, ainda mais quando as inovações passaram apenas de equipamentos tecnológicos e envolvem outros aspectos da prática médica.

Agora, até modelos de negócios e serviços estão completamente reinventados. Entenda como inovar no seu consultório com essas dicas!

4 formas de levar a inovação em saúde para o seu consultório

Uma pesquisa publicada em novembro de 2020 pela International Data Corporation, empresa de inteligência em marketing, aponta que a tecnologia na área da saúde terá mais de US$ 2 bilhões em investimento apenas na América Latina.

Por isso, sua clínica não pode ficar para trás. Conheça algumas formas de integrar a inovação em saúde no seu trabalho:

1. Home care

O home care é um modelo de atendimento e cuidados médicos voltado especialmente para idosos, ainda mais quando a população mundial vem envelhecendo. Os procedimentos médicos, por isso, precisam ser reinventados para atender a essa população.

Nele, os pacientes contam com transporte de equipamentos para tratamento, equipe médica móvel e redução de custos, de maneira a trazer um atendimento humanizado, acessível e mais especializado.

2. Telemedicina

A telemedicina veio para ficar e já faz parte da rotina de muitas clínicas e consultórios à essa altura. A consulta médica online já é quase um padrão para muitas pessoas.

Mas além de ter disponibilidades para consultas à distância, é indicado obter uma plataforma completa. Isso envolve:

Explore o que é possível na sua clínica e atualize os processos de atendimento. Assim, o seu tempo será otimizado e a jornada do paciente será mais agradável, rápida e prática, o que é crucial para fidelizá-lo.

3. Internet das coisas (IoT)

A internet das coisas (IoT) envolve processos em nuvem e a comunicação digital, permitindo que mais informações sejam compartilhadas e acessadas em tempo real.

A IoT na saúde otimiza mais processos e pode ser a chave para criar uma boa plataforma de telemedicina para os seus pacientes. 

4. Marketing digital para médicos

Um dos novos desafios para profissionais da saúde na era digital é atualizar sua maneira de encontrar pacientes. O marketing digital tem grande parte nisso, auxiliando com o branding médico e chamando a atenção de potenciais clientes.

São muitas estratégias de marketing que podem influenciar no sucesso da sua clínica e elas fazem parte da inovação em saúde. Se você quer começar a desenvolver a sua imagem nos meios digitais, conheça o nosso e-book de práticas básicas de marketing para clínicas e consultórios!


Receituário de Controle Especial: Orientações Para Prescrições

Receituário de Controle Especial: Orientações Para Prescrições

Existem diversos medicamentos indicados para o tratamento das pessoas que passam por consultas médicas. Alguns deles requerem prescrição diferenciada, como os medicamentos controlados, e por isso existe o Receituário de Controle Especial.

Entenda o que ele é e como funciona no artigo.

O que é o Receituário de Controle Especial?

O Receituário de Controle Especial é um tipo de receita médica específica para medicamentos que contenham substâncias ativas presentes em algumas listas de classificação. São estas:

  • listas C1 e C5;
  • adendos das listas A1, A2 e B1.

Sem ele, não é possível que o paciente consiga os remédios indicados em farmácia, drogaria ou laboratório de manipulação, sendo uma exigência da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Como preencher o Receituário de Controle Especial corretamente?

O preenchimento do Receituário de Controle Especial deve seguir passos obrigatórios para garantir que seja feito da maneira correta. Erros na receita impedem que a medicação seja comprada, o que obriga a pessoa a voltar para o hospital ou agendar uma nova consulta, gerando uma jornada do paciente desagradável.

Por isso, é necessário atenção para:

  • letra legível do nome do medicamento e da dosagem;
  • identificação correta do paciente, incluindo seu nome completo e endereço;
  • dados do comprador do medicamento, mesmo que seja o paciente;
  • fazer duas vias da prescrição, para que uma fique com a farmácia, drogaria ou laboratório de manipulação, enquanto a outra permanece com o comprador ou paciente;
  • identificação do médico nas duas vias, com nome completo, número de CRM, endereço e telefone da clínica, consultório ou instituição, além de casos em que é necessário o CNPJ;
  • além do nome ou substância para o tratamento, a prescrição deve conter dosagem ou concentração escritas por extenso, junto da posologia e o tempo de administração;
  • inclusão de data, assinatura e carimbo.

Os dados do estabelecimento de compra do medicamento também são obrigatórios, mas o preenchimento deve ser feito pelo fornecedor, seja farmácia, drogaria ou laboratório de manipulação.

Quais são os medicamentos controlados?

Medicamentos controlados são, em geral, aqueles que podem causar tanto dependência física quanto química, já que vários deles têm substâncias que atuam no sistema nervoso central em sua composição.

Eles são listados pela Anvisa, de acordo com a portaria 344/98, e incluem entorpecentes e psicotrópicos.

A prescrição correta e a adesão ao tratamento são essenciais na medicina, tanto para medicamentos controlados quanto para outros tipos de receita. É isso que garante o sucesso e a melhora do paciente e, por isso, entender como otimizar o atendimento neste momento é tão importante.

Saiba mais sobre receita médica digital e garanta sempre a melhor experiência na sua clínica ou consultório!


IoT Na Saúde: Como Aplicá-la Em Clínicas E Consultórios

IoT Na Saúde: Como Aplicá-la Em Clínicas E Consultórios

A conexão entre aparelhos por meio de redes virtuais com acesso à internet e armazenamento das nuvens é um resumo da Internet das Coisas (IoT, do inglês “Internet of Things”). Já a IoT na saúde envolve equipamentos médicos digitalmente integrados, com diversas finalidades.

Desde 2020, a demanda por inovações tecnológicas na área da saúde é mais agressiva. É, portanto, muito importante saber como trazer as novidades para as clínicas e consultórios. Saiba mais!

O que é IoT dentro e fora da medicina?

A Internet das Coisas se refere a servidores ligados à rede mundial de computadores, ou seja, que possam armazenar dados em nuvem. Ela é uma tecnologia já bem comum no dia a dia, como em smartphones e smart-TVs.

Na medicina, com o nome de Internet of Medical Things (Internet das Coisas Médicas), ou IoMT, o escopo vai desde as tecnologias em saúde usadas por pacientes em casa, até equipamentos avançados em centros hospitalares. Conheça, a seguir, como a IoT na saúde pode ser aplicada em clínicas e consultórios.

Como aplicar a IoT na saúde em clínicas e consultórios?

Tanto para hospitais quanto para clínicas e consultórios, a IoT na saúde faz parte de tratamentos e acompanhamentos médicos.

Wearables médicos, por exemplo, podem ser incorporados ao tratamento do paciente, como:

  • marcapassos com sensores conectados online, para monitoramento em tempo real;
  • dispositivos de EEG e ECG portáteis;
  • aplicadores de insulina inteligentes para monitoramento contínuo de glicemia;
  • monitoramento remoto de dados vitais.

Equipamentos como esses são capazes de provocar uma verdadeira revolução nos cuidados dos pacientes e otimizam o trabalho do médico.

No entanto, apenas adquirir as novas ferramentas não é o suficiente para levar o trabalho clínico ao próximo nível. Todas as informações precisam ser de acesso claro, prático e organizado.

O Conclínica, um software para gestão de clínicas médicas, é capaz de desempenhar esse trabalho. Com o recurso do prontuário eletrônico, todas as informações importantes sobre o histórico médico do paciente ficam seguras armazenadas em nuvem, em um registro de fácil acesso para a equipe.

Assim, nenhum dado se perderá e estarão todos concentrados em um único lugar. Desse modo, é possível oferecer um atendimento humanizado e preciso, já que o histórico médico personalizado permite que cada caso específico receba os cuidados necessários.

Além disso, o Conclínica permite controle pleno de todas as áreas da clínica, com relatórios gerenciais sobre agendamentos, atendimentos, pacientes, faturamento, financeiro e estoque, também tendo vários outros recursos.

Nós oferecemos uma experiência grátis do software, para você conhecer todas as suas funcionalidades e entender que essa é a melhor opção para o seu negócio. Cadastre-se já e faça como milhares de clínicas em todo o Brasil!