A receita médica digital vem ganhando mais espaço em clínicas e consultórios por oferecer mais praticidade e diminuir erros, sendo uma inovação necessária.

No entanto, ainda há regras e adequações que devem ser seguidas para que o documento seja válido. Entenda a seguir como evitar erros nas receitas digitais!

Dicas para evitar erros na receita médica digital

De acordo com um estudo da Escola de Saúde Pública da Universidade de Minnesota, nos EUA, a adoção da receita médica digital diminuiu os erros hospitalares em 66%. 

Ainda assim, há alguma margem de erro que demanda interesse. Confira as dicas para evitar que eles ocorram:

1. Valide a receita com certificação digital

A receita apenas tem validade com certificação digital, contando com uma assinatura digital do médico. Essa validação pode ser feita por meio do site do ICP-Brasil, que conta com uma página exclusiva para isso, chamada Validador de Documentos Digitais. Nela, a prescrição pode ser autorizada através de QR Code ou Upload.

Para isso, é necessário apenas:

  1. acessar a página do Validador de Documentos Digitais e clicar em “Prescrição”;
  2. selecionar o tipo de profissional desejado: médico(a), cirurgião-dentista, farmacêutico(a) ou paciente;
  3. clicar em “Escolher arquivos” para selecionar a forma de validação desejada (QR Code ou Upload);
  4. seguir as instruções que aparecerão;
  5. ver o resultado na tela e garantir que a validação foi realizada com sucesso.

2. Preste atenção aos medicamentos que não podem ser prescritos em receita digital

Medicamentos controlados, como ansiolíticos, antidepressivos, anticonvulsivantes, antipsicóticos, antimicrobianos e controladores de hormônios podem ser prescritos com a receita médica digital.

No entanto, remédios como talidomida e retinóides estão restritos à prescrição tradicional, com receitas em papel.

3. Utilize um software de gestão médica

Um bom software para clínicas como o Conclínica auxilia na organização de todas as informações e autorizações necessárias para a receita digital.

O prontuário eletrônico oferecido pelo software conta com a Prescrição Digital MEMED, em que o sistema de prescrição digital é integrado ao sistema. Desse modo, é possível:

  • comparar os valores de diferentes medicamentos entre farmácias, oferecendo o mais acessível ao paciente;
  • evitar enganos na compra dos remédios;
  • proporcionar tratamentos mais fáceis e eficientes.

É fato que as receitas médicas digitais oferecem muitas vantagens para clínicas e consultórios, assim como outras tecnologias em saúde que vêm conquistando espaço na área da medicina.

Por isso, não deixe sua clínica ou seu consultório para trás! Conheça as funcionalidades para gestão de clínicas do Conclínica e integre todas as suas informações para mais comodidade e assertividade.

Compartilhe em suas redes sociais