O que é Slow Medicine? 5 dicas para implementar na sua clínica

É uma abordagem médica que enfatiza a qualidade da interação médico-paciente e a individualização do cuidado.

Slow Medicine

O que é?

Como é feita a Slow Medicine?

Diferentemente da abordagem convencional, o conceito reconhece a singularidade de cada indivíduo e busca adaptar os tratamentos conforme suas circunstâncias específicas.

Dicas para implementar a slow medicine na sua clínica

A prática considera o paciente como um todo, levando em conta sua história pessoal.

Confira 4 dicas para colocar em prática!

Reserve tempo adequado para cada consulta, permitindo que os pacientes se sintam ouvidos e compreendidos.

1. Priorize o tempo de consulta

2.  Fomente uma relação médico-paciente sólida

Encoraje uma relação de confiança e colaboração entre médico e paciente, onde ambos são parceiros na busca pela saúde.

3. Enfatize a importância da prevenção e estilo de vida saudável

Incentive práticas de vida saudável e preventiva, como dieta equilibrada, exercícios regulares, sono adequado e manejo do estresse.

4. Reduza o uso excessivo de intervenções médicas

Evite intervenções médicas desnecessárias, como prescrição excessiva de medicamentos ou procedimentos invasivos, sempre que possível.

5. Promova a continuidade do cuidado

Acompanhe regularmente os pacientes ao longo do tempo e coordene seus cuidados com outros profissionais de saúde, sempre que necessário.

para sua clinica

Software ideal 

O software de gestão                                       se destaca, oferecendo:    Interface intuitiva;  Integração com dispositivos médicos;  Recursos avançados de segurança;

Quer conhecer os 10 princípios da slow medicine e os desafios da implementação? 

Então leia o conteúdo completo no nosso blog!