Abrir um consultório de psicologia pequeno é possível, desde que você se organize e dê os passos certos.

Afinal, apesar de você ser psicólogo ou psicóloga, ao abrir um consultório, passa a ser um administrador de empresa.

Por isso, é essencial saber quais são os passos para abrir sua empresa, tanto no aspecto jurídico quanto em questões de estrutura do ambiente.

Sobre isso, vamos falar ao longo deste conteúdo e, ainda, vamos apresentar motivos para você utilizar um software para clínicas e consultórios.

Portanto, leia este artigo até o final. Boa leitura!

Qualquer pessoa pode abrir um consultório de psicologia?

Para abrir um consultório de psicologia, pequeno ou grande, não basta ter o diploma de bacharel em Psicologia.

Afinal, abrir um consultório e prestar atendimentos requer o registro junto ao Conselho Regional de Psicologia (CRP) do seu estado e estar em dia com as anuidades.

Além disso, se o seu registro for de um estado diferente de onde pretende abrir o consultório, você vai ter que solicitar um registro suplementar.

Portanto, essa é uma exigência para qualquer pessoa que deseja ter seu próprio consultório. Depois de resolver este requisito, é possível partir para as próximas etapas.

Consultório de psicologia pequeno: confira passos essenciais para ter um 

O sonho de muitos profissionais é ter seu próprio consultório de psicologia pequeno e poder atender aos seus pacientes.

Para isso, é fundamental não apenas se formar em Psicologia, mas também prestar atenção a aspectos administrativos.

Afinal, ao abrir um consultório, você se torna, além de profissional da saúde, um empresário.

Sendo assim, veja algumas dicas para dar os passos certos ao abrir a sua empresa.

Confira a natureza jurídica 

A natureza jurídica serve para classificar a sua empresa. Assim, ela ajuda a fazer uma série de definições importantes.

Por exemplo, é por meio da natureza jurídica que se define se a empresa é individual ou sociedade.

Além disso, ela apresenta diversas obrigações e regras que os empresários devem cumprir. Existem 3 tipos de natureza jurídica ideais para a abertura de consultório. Veja a seguir!

  • Empresa individual: ideal se você for trabalhar sozinho, ou seja, sem estabelecer nenhuma sociedade. Para isso, não é preciso capital social mínimo, de modo que você sequer precisa fazer investimentos. Assim, é uma boa opção para consultórios de psicologia pequenos.
  • Sociedade limitada: boa opção para consultório de psicologia pequeno aberto em sociedade. Assim, cada sócio precisa investir, de modo que quem investe mais fica com uma parcela maior do lucro. Neste caso, o patrimônio pessoal de cada sócio fica protegido em caso de problemas financeiros da empresa.
  • Sociedade limitada unipessoal: esse modelo possibilita a abertura de uma empresa individual sem fazer investimento inicial, mas com responsabilidade limitada. Assim, é possível proteger o seu patrimônio pessoal. Portanto, essa é uma excelente opção de natureza jurídica para seu consultório de psicologia pequeno.

Defina o regime tributário

Outro aspecto que você precisa resolver é a definição do regime tributário da sua empresa. Afinal, ele determina as regras de tributação às quais sua empresa vai se submeter.

Lista de regimes tributáveis. Imagem ilustrativa para texto consultório de psicologia pequeno.

Identifique o CNAE 

O CNAE é a Classificação Nacional de Atividades Econômicas. Ele consiste em um código que identifica as atividades que sua empresa vai desenvolver.

No caso do seu consultório de psicologia, existem algumas opções, como as que listamos abaixo.

  • 8650-0/03: atividades de Psicologia e Psicanálise;
  • 8720-4/99: atividades de assistência psicossocial e à saúde a portadores de distúrbios psíquicos, entre outros;
  • 8720-4/01: atividades de centros de assistência psicossocial.

Reúna todos os documentos

Para abrir seu consultório, é necessário reunir a documentação obrigatória. Inicialmente, você vai ter que apresentar seus documentos pessoais.

Isso porque, eles são importantes para a solicitação de documentos que autorizem a abertura e funcionamento do seu consultório.

A seguir, confira uma lista com a documentação necessária para abrir seu consultório de psicologia pequeno.

  • RG, CPF e comprovante de residência;
  • CNPJ;
  • Inscrição municipal;
  • Registro de empreendimento;
  • Licença sanitária;
  • Registro de responsabilidade técnica;
  • Licença ambiental;
  • Licença do corpo de bombeiros;
  • Alvará de funcionamento da prefeitura, entre outros.

Ideias para consultório de psicologia: saiba como organizar e decorar 

Mulher feliz em seu consultório. Imagem ilustrativa para texto consultório de psicologia pequeno.

Ao montar um consultório para atendimento psicológico, é importante prestar atenção a cada detalhe do espaço, já que isso influencia no comportamento e desperta várias sensações.

Com isso, o seu consultório vai impactar seus pacientes de alguma forma. Portanto, é importante preparar um ambiente aconchegante, seguro, acolhedor e tranquilo. 

Confira algumas dicas de como organizar e decorar o seu consultório de psicologia.

  • Busque móveis aconchegantes;
  • Procure uma boa iluminação;
  • Não se esqueça da acústica do ambiente;
  • Use cores neutras;
  • Garanta uma boa ventilação;
  • Adapte o espaço ao público que você atende (crianças, adolescentes, adultos etc).

Organize seu consultório com o software Conclínica

Agora, você sabe como abrir seu consultório de psicologia pequeno. Portanto, é hora de tirar as ideias do papel.

Com as dicas que trouxemos aqui, esperamos que você tenha conseguido entender os passos necessários para começar a prestar atendimento em seu próprio estabelecimento.

Além das dicas que apresentamos anteriormente, temos mais uma recomendação para que o seu dia a dia de trabalho seja mais eficiente.

Estamos falando sobre o uso de tecnologias para organizar o seu consultório, como o software da Conclínica.

Com um sistema dinâmico e fácil de usar, você pode gerenciar sua empresa com mais facilidade, prestando melhores atendimentos e, em consequência, fidelizando pacientes.

Para você ter uma ideia, nosso software permite organizar sua agenda de atendimentos, registrar informações sobre os pacientes, fazer o controle financeiro, acessar relatórios gerenciais e muito mais.

Portanto, entre em contato conosco e saiba mais sobre nossas soluções. E se você gostou deste artigo, confira outras publicações do Blog da Conclínica.

Compartilhe em suas redes sociais